Geral
04/05/2016 - 12h13

Não Mexa Nesse Nariz


As vantagens de ter um nariz grande, lindo e cheio de personalidade

 
Amada,
 
você estava dormindo, chegou uma mensagem – e eu acabei descobrindo tudo, tudo, tudo. Você e o doutor, quem diria? Combinando uma plástica nesse seu nariz lindo. Pelas minhas costas. À minha revelia. Eu deveria ter previsto essa traição, porque você sempre reclamou do nariz. Que é grande. Que faz sombra. Que você chega cinco minutos antes dos outros. Que quando você vira rápido o rosto, os amigos ao seu lado precisam se abaixar.
 
Se a pessoa não gosta da própria fisionomia, o que eu posso fazer? Dizer que eu gosto desse jeito? Que combina com sua boca carnuda e seus olhos de desenho animado japonês? Que eu conheci você nariguda, e me apaixonei mesmo assim?
 
Eu ficaria com você até se o seu nariz fosse igual ao do Valdemort. Mas parece que a questão é interna, foro íntimo. Tenho que respeitar – mas vou argumentar. Já viu uma face recém-operada? Parece uma alcachofra recheada com marshmallow. Tanto sofrimento, tanta dor, pra ficar com um nariz igual ao de todo mundo? Nariz grande é personalidade. Veja a Lady Gaga. Ou aquela Rossy de Palma, musa do Almodóvar. Rapaz, aquilo é um monumento ao soldado desconhecido – não um nariz. Uma Thurman, de perfil, parece um barco a vela. Se elas tivessem um nariz comum, aerodinamicamente agradável, seriam famosas, relevantes, desejadas?
 
Nariz é herança da Itália. É de onde vêm os narizes, junto com a Arábia e a Turquia. Se você der uma olhada no seu sobrenome de família, aquele que vem antes do meu, vai notar que você também vem de lá. Tirar um pedaço desse nariz é negar seu parentesco com Julio César, Nero, Marco Antônio e até a prima Cleópatra (aliás, muito nariguda).
 
Outra: narizes grandes pegam menos resfriado. Descobri na internet. Acho que a distância a percorrer, dentro das cavidades nasais, é tão grande que os germes morrem de cansaço no meio do caminho. Tem mais: essa graciosa nariga significa riqueza – já que ser dona do seu nariz é ser dona de muita coisa. Li em outra pesquisa que pessoas narigudas têm sede de poder. Cortar a napa, portanto, é abdicar da liderança que você já exerce aqui em casa. Você também vai saber pouco da vida dos outros, porque meterá menos nariz na existência alheia. Os fatos vão acontecer e você nem vai ficar sabendo.
 
Deixo por último um argumento indiscutível: os homens acham que mulher nariguda transa melhor. Não sei de onde veio essa história, mas no seu caso posso confirmar a teoria. Você, com esse narizinho, arrebitadinho como manda o folheto do médico, quer passar por frígida?
 
Enfim, o nariz é seu. Mas, saiba: eu gosto de você do jeito que você é. Não conte comigo nesses planos absurdos. Não quero ser cúmplice desse doutor mal-intencionado. Sequer vou te levar ao hospital. No máximo, no máximo, eu passo mercúrio-cromo e troco os curativos, depois do crime. E isso só enquanto o nariz estiver inchado, ainda grande. E ainda lindo.
 
 
Blog Xavecos e Milongas
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por