Polícia
25/01/2017 - 11h13

Abordagens em ações da Polícia Militar crescem 138% nesta temporada




A intensificação do trabalho da Polícia Militar na Operação Verão aponta resultados positivos no balanço parcial. Desde o início, em 19 de dezembro, são 10.850 abordagens feitas na orla e em pontos turísticos, mais do que o dobro realizado no mesmo período da operação 2015/2016, quando foram contabilizadas 4.552, um aumento de 138,35%.
 
Os números foram divulgados na manhã desta segunda-feira (23) durante visita do prefeito Paulo Alexandre Barbosa ao alojamento do Centro de Formação para o Apostolado de Santos (Cefas), que acolhe 240 soldados vindos de São Paulo e interior como reforço para o policiamento.
 
Com as abordagens houve aumento de 5 para 13 pessoas presas que eram procuradas pela justiça, sem contar as demais 45 presas por outros motivos. Além disso, o número de flagrantes (roubo, furto, tráfico, porte de entorpecente) subiu de 37 para 42.
 
“Até o momento temos ocorrências normais, eventos rotineiros. Está tudo tranquilo e a postura desse ano da Polícia Militar é de abordagens mais direcionadas com foco de características e atitudes suspeitas”, explicou o tenente coronel João Alves Diniz Neto, comandante do 6ºBPMI.
 
O comandante também enalteceu o apoio da Guarda Municipal. “O efetivo tem um lugar de destaque, ajudando a coibir os crimes e a prender infratores. Um trabalho complementa o outro”. Pelo levantamento, são 88 ocorrências atendidas e registro de diminuição da quantidade de reclamações da população, principalmente em relação ao uso de entorpecentes e guardadores carro na orla.
 
Diferenciais
 
Nessa operação os policiais deixaram de ficar concentrados somente na orla, para atuar também em vias próximas à avenida da praia, no Memorial das Conquistas, na Bolsa Oficial de Café, no Museu Pelé e na Praça Mauá. A operação conta com reforço de 291 profissionais de São Paulo e do interior para completar o efetivo de 630 do Município; e mais 32 que vieram para o COPOM (telefone 190).
 
Os policiais estão distribuídos em nove pontos na praia, mais três pontos na faixa de areia, com Bases Móveis Comunitárias – onde são encontradas as pulseirinhas de identificação para as crianças que vão à praia, três viaturas de supervisão circulando pela orla, uma viatura no Memorial das Conquistas, outra de Base Móvel Comunitária no Centro e uma equipe para patrulhar o Museu Pelé e a Bolsa. Atuam também a pé, de bicicleta, em quadriciclos e motocicletas.
 
Ação continua
 
Mesmo com o fim da Operação Verão em 5 de fevereiro, as ações policiais na orla e áreas turísticas continuarão com efetivo do 6ºBPMI.
 
Até o fim do carnaval, os afastamentos regulares dos policiais são suspensos, proporcionando maior emprego do efetivo nas ruas, com apoio dos alunos soldados do Comando de Policiamento do Interior – 6 (CPI-6), do 2º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep), com canil, cavalaria, motocicletas e grupamento aéreo.
 
Alojamento
 
O Centro de Formação para o Apostolado de Santos (Cefas) que aloja os policiais vindos para o reforço e está sendo custeado pela Prefeitura para esse fim, possui refeitório, e na maioria das acomodações, oferece suítes para até seis pessoas, além de área de lazer usada nos períodos de folga.
 
Para a policial recém formada Jéssica Oliveira, 23 anos, que é de Santo Antônio de Aracanguá (interior), a estrutura está aprovada. “É muito difícil ficar longe de minha filha, mas aqui encontramos aconchego, pessoal receptivo, boa alimentação com várias opções e quartos com banheiro e ar condicionado”.
 
Em relação à estreia da vida profissional em Santos, Jéssica nota a importância do seu papel nas ruas e do contato com a população. “A gente percebe que nossa presença ajuda a coibir ações. Por outro lado, a população de uma forma geral demonstra muito carinho conosco”.
 
Aos policiais, o prefeito explicou a importância do reforço de policiais na cidade, que tem o turismo como um dos vetores para gerar emprego. “Um dos aspectos destacados pelos turistas que nos visitam é a segurança e nós precisamos dessa ajuda dos policiais para o desenvolvimento da nossa economia”.

 
 
Da Redação 
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por