Esportes
24/07/2017 - 06h01

Neymar: Barcelona joga a toalha e sabe que só por um milagre ele não irá para o PSG




O Barcelona jogou a toalha. O clube gastou seus últimos cartuchos para tentar convencer Neymar e seu pai a desistirem da ida para o PSG, mas nada surtiu efeito – nem o apelo dos companheiros em Nova York, onde no sábado à noite o time fez um amistoso com a Juventus. O clube sabe que agora só um milagre impedirá o craque de bater asas no início desta semana – segundo o jornal catalão Sport, a multa de 222 milhões de euros (R$ 821,4 milhões) será paga nesta segunda ou terça-feira pelo PSG. A capa de sábado do jornal francês Le Parisien tem uma foto de Neymar e o seguinte título: “Neymar disse sim a Paris”.
 
O presidente Josep Maria Bartomeu, que acompanhou a delegação nos Estados Unidos, deu sinais de irritação. Ele conversou com Neymar, os jogadores falaram com ele no vestiário (e alguns individualmente), mas nada deu resultado. Tudo o que o dirigente queria era que o brasileiro desse uma declaração pública ou postasse algo em suas redes sociais que encerrasse o assunto – com final feliz para o Barça, é claro. Mas Neymar só faz alimentar a polêmica. Quando passa por jornalistas está sempre isolado, de cara séria. E suas postagens não são do gosto do clube espanhol. Numa, declarou seu amor e confiança total em seu pai – apontado na Espanha como o vilão da história. Em outra, escreveu: “Família em primeiro lugar”.
 
Num evento realizado na noite de quinta-feira em Nova York, já início da madrugada no Brasil, Bartomeu disse numa rodinha: “Se quer sair, que paguem a multa e ele vai.”
 
A torcida está ao lado do clube e contra Neymar. Uma enquete publicada no site do jornal Sport mostrava, até o início da noite da última sexta-feira, que 82% dos votantes (quase 38 mil no total) são favoráveis à saída do craque para que o Barça receba 222 milhões de euros e faça bom uso do dinheiro. Os outros 18% querem que ele fique.
 
Imprensa e torcedores têm se lembrado nesses dias das lambanças feitas pela diretoria em 2000, quando o Real Madrid pagou a multa de Figo e levou o português embora. Na ocasião, com os 65 milhões de euros (R$ 240,5 milhões em valores de hoje) recebidos, o Barcelona fez contratações de gosto duvidoso como Petit, Overmars e o brasileiro Fábio Rochemback.
 
Os nomes mais comentados para substituir Neymar são Philippe Coutinho (o Liverpool recusou uma proposta de 80 milhões de euros, mas o Barça ainda pretende voltar à carga, embora saiba que não dobrará os ingleses com menos de 100 milhões de euros) e o argentino Dybala (a Juventus pede 95 milhões de euros). Mas o Chuteira FC recebeu a informação de que há uma terceira opção, que faria muito barulho e provocaria uma crise diplomática com um rival: o francês Griezmann, do Atlético de Madrid. O Barça pagaria a multa de 100 milhões de euros e deixaria o clube da capital em maus lençóis, porque cumpre punição imposta pela Fifa e não poderá contratar ninguém nesta janela de mercado que vai até o fim de agosto.
 
COMISSÃO GORDA PARA O PAI
 
O repórter Marcelo Bechler, correspondente do Esporte Interativo em Barcelona, conversou na última sexta-feira com o pai de Neymar. Ele negou que já tenha negociado com o PSG, e disse que só fará isso depois que o clube francês depositar o valor da multa rescisória. Mas a Rádio Catalunya tem repetido que o pai do craque já assinou um documento com o PSG para receber uma gorda comissão, “bem superior aos 40 milhões de euros que recebeu do Barcelona quando Neymar saiu do Santos”. Um empresário espanhol que já fez muitos negócios com o Barça e representou vários jogadores que defenderam o clube tem dito aos quatro ventos em Barcelona que a comissão é de nada menos do que 100 milhões de euros (R$ 377 milhões). O  jornal Sport, na edição de sábado, bancou esse número.
 
Como o Chuteira revelou na última quarta-feira, o PSG quer voltar para casa já com Neymar no avião. O time está nos Estados Unidos (no sábado enfrentou o Tottenham), e fará seu último amistoso na quarta-feira, em Miami, contra a Juventus. É por isso que a multa deve ser paga antes disso. A cúpula do clube francês quer evitar que Neymar tenha de voltar para Barcelona, porque certamente será hostilizado pelos torcedores. Indo direto para Paris, receberá apenas carinho. O time espanhol fará seu último jogo em solo norte-americano no dia 29. A intenção do PSG em pagar a multa se Neymar desse o sinal verde foi revelada no domingo pelo Chuteira.
 
 
Chuteira F.C.
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por