Esportes
25/07/2017 - 05h34

Nicholas Santos, da Unisanta, é prata no Mundial da Hungria


O nadador Nicholas Santos, atleta da UNISANTA, acaba de ganhar a medalha de prata no Mundial de Esportes Aquáticos que está sendo disputado em Budapeste, na Hungria. Ele é o atleta mais velho a subir ao pódio na história da competição.
 
Dono da melhor marca na temporada, Nicholas acabou repetindo o resultado conseguido no último mundial, em Kazan. Ele marcou 22s79 e ficou atrás do britânico Ben Proud, que conseguiu 22s75 e na frente do ucraniano Andrii Govorov, que cravou 22s84.
 
"Estou muito feliz com essa prata! E ainda estou com o melhor tempo da prova. Estava muito concentrado e focado e, agora, muito feliz mesmo por essa marca aos meus 37 anos", disse o atleta ao sair da piscina, para o canal SporTV.
 
Das cinco medalhas conquistadas pelo Brasil no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de Budapeste, quatro são da Unisanta. Além da prata de Nicholas, o País conta com mais três medalhas de Ana Marcela Cunha nas provas de maratona aquática – ouro nos 25km e bronze nos 5km e 10km. O revezamento 4x100m livre brasileiro levou a prata na etapa disputada no último domingo, 23/07.
 
Joanna Maranhão também iniciou a sua participação em Budapeste. Neste domingo (22), a atleta que nadou a semifinal dos 200m Medley, bateu o recorde sulamericano, com o tempo de 2m11s24 e ficou entre as dez melhores nadadoras do mundo. Joanna também tentou uma vaga na final dos 400m livres e ficou com 15ª posição. E ainda disputará as provas 200metros borboleta, 800metros livre e 400 metros medley.
 
Outros nadadores – Nos próximos dias vamos acompanhar as provas disputadas pela equipe da Unisanta que classificou sete atletas que representam a seleção brasileira de natação e maratona no Mundial de Budapeste. A Unisanta foi a equipe que enviou o maior número de nadadores para a competição.
 
Além de Nicholas, Ana Marcela Cunha e Vitor Colonese, que já fizeram as suas participações, e Joanna que continua na competição, também disputam a partir de amanhã (25/7), Thiago Simon, nos 200m peito e 200m medley; Leonardo de Deus, nos 200m borboleta e nos 200m costas; e Guilherme Costa, nos 1500m livre. O técnico Felipe Domingues também faz parte do grupo. Os atletas da Unisanta participam de provas até 31 de julho.
 
LONGEVIDADE ESPORTIVA
 
Líder do ranking aos 37 anos com o tempo de 22s61 obtido no Maria Lenk, Nicholas coleciona recordes de longevidade. Em 2015, aos 35 anos, foi prata nos 50m borboleta e participou das Olimpíadas de 2008 e 2012, sendo semifinalista dos 50m livre em sua primeira participação. Em Campeonatos Mundiais de piscina longa (considerados os mais importantes), tem a prata em Kazan, Rússia, 2015, um quarto lugar (Barcelona, Espanha 2013) e um quinto (Roma, Itália, 2009).
 
Em mundiais em piscina curta (25m) foi ouro em Istambul (2012) nos 50 metros borboleta; ouro em Doha (2014), nos 4×50 metros medley; ouro em Doha (2014), nos 4×50 metros medley misto; prata em Indianapolis (2004), nos 4×100 metros livres; prata em Doha (2014), nos 50 metros borboleta; prata em Windsor (2016), nos 4×50 metros medley misto; bronze em Indianapolis (2004), nos 50 metros livre e bronze em Dubai (2010), nos 4×100 metros livre.
 
 
Santaportal
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por