Turismo
29/09/2017 - 15h46

Lei define meta do turismo para os próximos dez anos


Um passo relevante para que Santos possa galgar novos espaços no cenário turístico nacional e internacional. Foi com essa perspectiva que o prefeito Paulo Alexandre Barbosa sancionou o Plano Diretor de Turismo (PDTur), durante solenidade nesta quinta-feira (28), no Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio.
 
Durante a cerimônia, o chefe do Executivo entregou placa à guia de turismo Josepha (Fita) Fornos, em reconhecimento ao seu trabalho de quase seis décadas. Barbosa lembrou que o PDTur evitará a descontinuidade, questão que considera um dos grandes desafios da administração pública. “Quando se tem um planejamento, que não é de uma gestão, mas de uma cidade, fica mais fácil obter resultados. E quem ganha é a cidade e os cidadãos”.
 
Ele destacou ainda indicadores positivos de Santos, entre eles os obtidos durante a Olimpíada e a Copa do Mundo, quando a Cidade recebeu várias delegações para treinos e as representações do México e da Costa Rica.
 
Determinação
 
Já o secretário de Turismo, Rafael Leal, considera o PDTur “um divisor de águas” e disse que, graças ao plano, o setor ingressa definitivamente na agenda econômica do Município. “O turismo envolve, direta e indiretamente, 52 atividades econômicas. E 90% delas são micro e pequenas empresas”. E acrescentou que a vontade e a determinação de alavancar o turismo na Cidade são muito superiores às dificuldades naturais desse caminho.
 
O presidente da Câmara, Adilson Jr., que também compunha a mesa, assegurou que o Legislativo está empenhado em contribuir com ações para fomentar o setor.
 
Pioneira
 
Lembrando das muitas alegrias que viveu durante o exercício profissional, iniciado em 1958, Fita Fornos destacou que Santos foi também pioneira na criação da associação de guias de turismo, entidade que depois ganhou o Brasil. “Não sei como fui parar como guia de turismo”, brincou, atribuindo a permanência ao seu prazer pela história e pelo conhecimento. Com qualificação profissional local, nacional e internacional, Fita começou a atuar, junto com um grupo de 20 pioneiros, na recepção de turistas de navios estrangeiros, foi uma das responsáveis pela criação do curso para formação de guias de turismo no Senac de Santos e atuou também no exterior. Ao receber a placa, ela dedicou a homenagem aos guias de turismo da Cidade.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por