Meio Ambiente
29/09/2017 - 16h07

Decreto vai criar primeira unidade de conservação ambiental da Cidade




Em uma área de 52 mil metros quadrados do corredor verde localizado no maciço montanhoso de Santos – no Morro Cachoeira, entre o Morro Nova Cintra e os bairros São Jorge e Caneleira – será criado o Parque Natural Municipal Engenho São Jorge dos Erasmos, a primeira unidade de conservação ambiental da Cidade.
 
O objetivo é gerar maior proteção a este trecho de Mata Atlântica, que abriga mais de 100 espécies da vegetação e 87 de aves. O decreto para conceber a unidade ecológica será assinado nesta sexta-feira (29), às 11h, no Salão Nobre do Paço Municipal.
 
Com novas regras para acesso, o local terá visitação controlada, destinada a turismo monitorado, pesquisas e projetos educacionais. A fiscalização seguirá a cargo da Secretaria de Meio Ambiente (Semam), com apoio de agentes do programa Litoral Sustentável, do Governo do Estado.
 
Segundo a bióloga Sandra Regina Pivelli, da Semam, a área protegida contém árvores como a suinã, com folhas de coloração avermelhada que atraem beija-flores, e a camboatã, cujo fruto é apreciado por diversos pássaros.
 
Fauna
 
Já a fauna inclui aves como tiê-sangue e saíra-sapucaia, existentes apenas na região e que têm papel importante na conservação florestal, uma vez que são distribuidoras de sementes, eliminadas por meio das fezes.
 
De acordo com Sandra, o ecossistema em questão é fundamental inclusive para animais vindos de outros lugares. “Há espécies ameaçadas, como o gavião asa-de-telha e o gavião-pombo, que sobrevoam a área em busca de alimento”.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por