Mundo
25/10/2017 - 06h31

Grupo pró-Estado Islâmico usa imagem de Messi em ameaça de atentados na Copa da Rússia


Cartaz usa imagem de jogador do Barcelona e seleção argentina atrás de grades e com sangue em um dos olhos. Outra peça mostra homem com bomba perto de estádio e mensagem 'aos inimigos de Alá na Rússia'.

 
Um grupo pró-Estado Islâmico divulgou nesta terça (24) um cartaz no qual usa a foto do jogador Lionel Messi, do Barcelona e da seleção argentina, com um uniforme de prisioneiro, atrás de grades e com sangue saindo de seu olho esquerdo, informa a organização de monitoramento de extremistas SITE Intel Group.
 
A imagem faz parte de uma ameaça divulgada pelo grupo de mídia Wafa' Foundation sobre atentados à Copa da Rússia em 2018.
 
Mais cedo, também nesta terça, o grupo divulgou outra imagem na qual um homem com roupa camuflada observa à distância o estádio Luzhniki, em Moscou. Ao seu lado aparece uma bomba. O cartaz contém inscrições em inglês, com ameaças "aos inimigos de Alá na Rússia", jurando que "o fogo dos mujahideen (soldados da guerra santa) os queimarão. Apenas esperem".
 
A Rússia é a principal aliada do governo sírio no combate ao Estado Islâmico e participa de ataques ao grupo no país, atuando em paralelo à coalizão liderada pelos EUA e integrada por outros países.

 
 
Agências Internacionais 
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por