Cidades
23/11/2017 - 05h25

Antigo farol do Canal 6 vai ganhar coluna de água iluminada


O projeto prevê iluminação do jato por oito projetores subaquáticos de LED

 
A orla vai ganhar uma nova atração: uma coluna de água com até 40m de altura, semelhante a um gêiser, que funcionará nas ruínas do antigo farol de sinalização no mar, altura do Canal 6. O projeto, que prevê iluminação do jato por oito projetores subaquáticos de LED, foi uma das 11 propostas aprovadas por unanimidade durante a reunião do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), na última semana.
 
A documentação, com os respectivos projetos elaborados pela Prefeitura, segue agora para avaliação técnica do Conselho de Orientação e Controle do Dadetur (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos), do Governo do Estado, para a deliberação final. Para o próximo exercício, o setor deve liberar por volta de R$ 30 milhões, montante semelhante ao destinado este ano.
 
De acordo com a concepção da Secretaria de Turismo, o gêiser será equipado com um sistema de direcionamento do feixe luminoso. Ele será acionado automaticamente por meio de um relógio digital para até quatro programações de cor, que sincronizará a iluminação com o percurso solar diário.
 
Construído no início dos anos 1960, o antigo farol integrava um conjunto de sinalizadores em terra e mar, que orientava os práticos na correta posição de acesso das embarcações no canal do Estuário. Ele estava a cerca de 400 metros da torre ainda existente na Praia da Aparecida, junto ao Canal 6.
 
Com a modernização do sistema, a construção de concreto armado perdeu função e começou a ser demolida no final de 2009 pela Capitania dos Portos – mas a mobilização popular impediu a retirada total da peça.
 
Café no Paço
 
O 5º andar do prédio da Prefeitura deverá dispor de um espaço para convivência, contemplação, apresentações para cerca de 50 pessoas e até um café aberto ao público.
 
Ainda no Paço, está previsto o restauro da Sala Princesa Isabel, que abrigou a plenária da Câmara Municipal desde a inauguração do prédio, em 1939, até 2010.
 
Também estão previstas reforma no Teatro Coliseu, revitalização das escadarias do Monte Serrat, repavimentação de vias da Encruzilhada e de área em torno da Praça Rebouças (Ponta da Praia), obras no Parque do Emissário e na Lagoa da Saudade.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por