Meio Ambiente
28/11/2017 - 04h29

Projeto santista de compostagem vai receber R$ 1 milhão do governo federal


Santos acaba de ser uma das 11 cidades escolhidas pelo governo federal para receber uma verba de quase R$ 1 milhão do Fundo Nacional do Meio Ambiente.
 
No edital aberto pelo Ministério do Meio Ambiente, o projeto Santos Sustentável: Compostagem e Agricultura Urbana ficou classificado na terceira posição.
 
Iniciativa das secretarias de Meio Ambiente, Serviços Públicos e de Governo, consiste em educação ambiental, gestão de conhecimento e melhoria do aproveitamento da fração orgânica dos resíduos domiciliares, feiras e poda urbana, com redução do envio deste material para aterro sanitário e produção de adubo para paisagismo e agricultura urbana.
 
Aproximadamente R$ 989 mil dos recursos federais devem ser liberados em março de 2018. A Prefeitura entrará com contrapartida de R$ 11 mil.
 
O projeto prevê a instalação de uma estação piloto de produção e distribuição de composto orgânico. Para isso, a Prefeitura vai adquirir uma máquina para triturar galhos e um minitrator, que ficarão baseados em um galpão a ser implantado em um terreno no bairro do Piratininga. Para este local serão levados restos de poda urbana, feiras livres e da venda de pescados, a fim de que sejam transformados em composto orgânico (adubo), que será utilizado nos vegetais presentes nos parques da Cidade como Jardim Botânico e Orquidário, praças, jardim da orla etc.
 
Com este mesmo objetivo, serão adquiridas 20 pequenas composteiras para montar estações de produção do adubo no Jardim Botânico, Orquidário, escolas, conjuntos habitacionais para educação ambiental e distribuição à população.
 
CONSCIENTIZAÇÃO
 
Também integra a ação a gestão de resíduos em feiras livres. Por isso, agentes da Semam vão circular por estes locais informando feirantes sobre reaproveitamento e descarte dos resíduos Ainda estão previstas a realização de um fórum municipal sobre o tema e a criação de um sistema de monitoramento e pesquisa com banco de dados sobre aproveitamento dos resíduos orgânicos no Município.
 
A finalidade é orientar novas políticas públicas. Além da formação de equipe técnica municipal para atuação no projeto, haverá integração de parceiros, como coletores de materiais recicláveis, feirantes, educadores, agricultores urbanos, pesquisadores e profissionais de assistência técnica e extensão rural.
 
 
FalaSantos
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por