Cultura e Entretenimento
01/02/2018 - 09h29

Ingressos para os desfiles das escolas de samba de Santos estão esgotados


Colocados à venda no último dia 22, bilhetes acabaram na manhã desta quarta-feira (22). Desfiles serão nos dias 2 e 3 de fevereiro.
 
Terminaram na manhã desta quarta-feira (31) os ingressos para os desfiles das escolas de samba de Santos, no litoral de São Paulo. Os bilhetes, que custavam R$ 10 ou R$ 5, para quem doasse 1 kg de alimento não-perecível, estavam sendo vendidos no Teatro Municipal Braz Cubas desde a última segunda-feira (22).
 
Com o esgotamento em menos de duas semanas, a expectativa é de que as arquibancadas da Passarela do Samba Dráusio da Cruz, na Zona Noroeste da cidade, fiquem lotadas nos dias 2 e 3 de fevereiro, reservados para os desfiles das escolas pertencentes aos grupos de Acesso, 1 e Especial.
 
Todos os alimentos doados serão repassados ao Fundo Social de Solidariedade de Santos. No ato da compra, os foliões receberam orientações sobre os itens proibidos de entrar no sambódromo, como recipientes de vidro, garrafas plásticas e latas de qualquer natureza e tamanho; coolers, isopores e caixas térmicas; guarda-chuvas grandes com ponta; presilhas de metal para cabelo; substâncias tóxicas e fogos de artifício ou artefatos.
 
Também será proibida a entrada de pessoas com papel em rolo de qualquer espécie, jornais e revistas; balões em geral; capacetes; armas de fogo e branca de qualquer tipo e espécie, além de materiais ou objetos que possam causar ferimentos.
 
Desfile e estrutura
 
A programação de sexta-feira (2), primeiro dia do carnaval, começa a partir das 20h, com o desfile das quatro agremiações do Grupo de Acesso: Mãos Entrelaçadas, Bandeirantes do Saboó, Mocidade Dependente do Samba e Padre Paulo. Depois, passam pela avenida as integrantes do Grupo 1: Unidos da Baixada, Imperatriz Alvinegra, Império da Vila, Dragões da Castelo e Unidos da Zona Noroeste.
 
No sábado (3), o sambódromo será tomado pelas oito escolas do Grupo Especial: Real Mocidade Santista, União Imperial, Brasil, Sangue Jovem, Mocidade Amazonense, Vila Mathias, Unidos dos Morros e X-9.
 
A expectativa é de que todas as cinco tendas que formarão as cinco frisas acomodem, aproximadamente, 7 mil pessoas. Haverá espaços para equipes de Saúde, Guarda Municipal e Bombeiros Civis, além de lanchonetes gerenciadas por entidades ligadas ao Fundo Social.
 
Também estão programadas ações especiais da CET-Santos para organizar o trânsito ao redor do sambódromo. Quem quiser acessar a região de ônibus terá à disposição, nos dois dias, a Linha do Samba, que sairá do Terminal do Valongo especialmente para a passarela do samba.
 
 
Da Redação 
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por