Turismo
12/04/2018 - 07h37

De popular à selvagem: as seções mais incríveis da Muralha da China


A Muralha da China, uma das sete maravilhas do mundo, começou a ser construída em 220 a.C., mas foi finalizada apenas no século 16. Durante tantos anos, a estrutura acumulou segredos e pontos incríveis, que só os corajosos dispostos a encarar o trajeto têm a sorte de conhecer. Escolhi as seções mais legais ao longo dos oito mil quilômetros de extensão da construção. Preparado? A caminhada é longa!
 
Jinshanling, a mais popular
 
Apesar de ser o ponto mais popular entre os turistas estrangeiros, Jinshanling é mais calmo que Badaling, o favorito entre os locais. A seção com cerca de dez quilômetros traz paisagens montanhosas de tirar o fôlego, que podem ser admiradas nas 67 torres de observação ao longo do trajeto. Depois da viagem de carro de Pequim, que dura cerca de 2 a 3 horas, a excursão toma o dia inteiro.

 
Jiankou, a mais selvagem
 
Amada pelos aventureiros, Jiankou até hoje não passou por intervenções na sua estrutura. Por este motivo, a parte é considerada perigosa e é indicada para pessoas com mais experiência em hiking. Provavelmente a seção mais selvagem da construção, ela guarda séculos de história em suas subidas íngremes e alvenaria desgastada. Vai arriscar? Não esqueça o seguro de viagem.

 
Gubeikou, a mais histórica
 
Gubeikou é uma das seções da Muralha que mais guarda história. Palco de mais de 130 batalhas contra os invasores mongóis, é também selvagem e pouco restaurada. Ter um guia local e experiente é importante para ajudar tanto na caminhada, quanto nas aulas de história, que dão a magia ao local.

 
Simatai, a mais tranquila
 
Ponto mais sereno e tranquilo da Muralha, Simatai possui cinco quilômetros de extensão de uma beleza ao mesmo tempo preservada e “arruinada”. Aos mais preguiçosos, existe um teleférico para a torre de observação, e, aos mais corajosos, uma emocionante tirolesa na descida. Para os que preferem caminhar, o trajeto é desafiador, mas mais seguro que Jiankou e Gubeikou. Simatai também é a única seção que oferece tours noturnos!

 
Huanghuacheng, a mais diferente
 
Conhecida como a “Grande Muralha da Água”, Huanghuacheng é considerada a seção aquática da construção. Graças a um reservatório, seu caminho é formado por lagos. Mas não é a única surpresa desse ponto. Seu nome significa “Fortaleza da Flor Amarela”, porque, durante a primavera (março, abril, maio), a paisagem fica cercada por flores silvestres amarelas.

 
 
Blog do Marcio Moraes
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por