Polícia
30/04/2018 - 04h01

Caixa Econômica é obrigada a indenizar cliente que teve joias penhoradas roubadas


Banco deverá pagar um valor de até 150% da avaliação dos bens
 
A Justiça Federal determinou que a Caixa Econômica Federal (CEF) indenize uma das clientes que tiveram joias penhoradas roubadas de uma agência do banco, no Centro de Santos, em dezembro, sem ter de assinar termo de quitação. 
 
O juiz federal Décio Gabriel Gimenez, da 3ª Vara Federal de Santos, considerou a postura do banco abusiva e, em sentença divulgada na última sexta-feira (27), decidiu que a Caixa deve arcar com o que está previsto em contrato imediatamente e que se exija apenas a assinatura em recibo de pagamento. 
 
A vítima beneficiada com a decisão penhorou, em janeiro do ano passado, joias avaliadas em R$ 59,4 mil por profissional de sua confiança. Pelo contrato, o banco se limitaria a indenizá-la a um valor de até 150% da avaliação da própria Caixa. Caso a cliente assinasse o termo de quitação, abriria mão de contestar o valor oferecido pelo banco.
 
Na sentença, o juiz considerou “intolerável que um ente público” fizesse tal exigência.
 
 
A Tribuna On-line
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por