Culinária e Gastronomia
04/07/2018 - 04h55

Brasileiro trabalha mais de 50 minutos para comprar Big Mac; veja tempo gasto em várias cidades do mundo


Em Nairobi, no Quênia, é preciso trabalhar mais de duas horas
 
Para comer um Big Mac, o trabalhador carioca precisa trabalhar 56,7 minutos, considerando o salário médio da cidade. O paulista necessita de um pouco menos: 52,5 minutos. O levantamento faz parte de uma pesquisa do banco suíço UBS, que considerou o tempo de trabalho necessário em 77 cidades do mundo, de acordo com a renda média de cada localidade, para que o trabalhador possa degustar o sanduíche mais famoso do planeta.
 
De acordo com o levantamento, o Brasil ficou de fora da lista das dez cidades com as piores remunerações. Consequentemente, nestes locais as pessoas levam mais tempo trabalhando para poderem comprar um Big Mac. São elas:
 
Nairobi (Quênia) - 133,8 minutos
 
Cairo (Egito) - 101,2 minutos
 
Lagos (Nigéria) - 99,8 minutos
 
Nova Delhi (Índia) - 90,5 minutos
 
Mumbai (Índia) - 88,1 minutos
 
Cidade do México (México) - 86,8 minutos
 
Jacarta (Indonésia) - 82,9 minutos
 
Istambul (Turquia) - 66,5 minutos
 
Bogotá (Colômbia) - 64,3 minutos
 
Manila (Filipinas) - 61,9 minutos
 
Kiev (Ucrânia) - 58 minutos
 
Entre as cidades em que os cidadãos locais gastam menos tempo para comprar o sanduíche estão:
 
Hong Kong (China) - 11,8 minutos
 
Taipei (Taiwan) - 12 minutos
 
Tóquio (Japão) - 12,2 minutos
 
Luxemburgo (Luxemburgo) - 13,1 minutos
 
Auckland (Nova Zelândia) - 13,3 minutos
 
Zurique (Suíça) - 13,4 minutos
 
Los Angeles (Estados Unidos) - 13,6 minutos
 
Miami (Estados Unidos) - 13,9 minutos
 
Chicago (Estados Unidos) - 14 minutos
 
Sidney (Austrália) - 14,5 minutos
 
 
Agências Internacionais 
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por