Culinária e Gastronomia
18/07/2018 - 04h50

Pão mais antigo do mundo foi produzido 4 mil anos antes do início da agricultura


Vestígios do alimento cozido foram encontrados em sítio arqueológico na Jordânia
 
Pesquisadores descobriram em um sítio arqueológico no Nordeste da Jordânia os restos carbonizados de um pão cozido por caçadores-coletores 14.400 anos atrás. Esta é a prova mais antiga da existência do alimento, precedendo o advento da agricultura em pelo menos 4 mil anos. O estudo sugere que os humanos foram incentivados a cultivar cereais silvestres ao descobrir que eles poderiam ser usado na produção do pão, o que contribuiu para a revolução agrícola no Neolítico.
 
— A presença de centenas de restos de comida carbonizada nas lareiras de Shubayqa 1, como é conhecido o local de nossa pesquisa, é um achado excepcional, e nos deu a oportunidade de entender as práticas alimentares de 14 mil anos atrás — comemora a arqueobotânica Amaia Arranz Otaegui, pesquisadora da Universidade de Copenhague e autora líder do estudo, publicado na revista "Proceedings of National Academy of Sciences". — Os 24 restos analisados na pesquisa mostram que os ancestrais de cereais como cevada e aveia foram moídos, peneirados e amassados antes do cozimento. Os restos são muito semelhantes aos pães ázimos identificados em vários locais neolíticos e romanos na Europa e na Turquia.
 
Segundo Amaia, o próximo passo é avaliar se a produção e o consumo do pão influenciaram o surgimento de cultivo de plantas.
 
Arqueólogo da Universidade de Copenhague e líder das escavações, Tobias Richter revela que os caçadores-coletores do local, conhecidos como natufianos, são particularmente interessantes porque viveram um período de transição, em que as pessoas tornaram-se mais sedentárias com a mudança da dieta.
 
— Quando examinamos as lâminas e ferramentas de pedra encontradas em locais natufianos, suspeitamos que os habitantes daquela época tenham começado a explorar as plantas de uma forma diferente e talvez mais eficaz. O pão encontrado em Shubayqa 1 é a mais antiga evidência do alimento até agora, e mostra que o cozimento foi inventado antes do cultivo. Pode ser que a produção precoce e extremamente demorada do pão com base em cereais silvestres tenha sido uma das principais forças motrizes por trás da revolução agrícola posterior, contribuindo para o fornecimento de outras fontes de alimentos.
 
 
Agências Internacionais
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por