Mulher
25/07/2018 - 04h57

Mafalda não é contra o aborto, mas a favor dos direitos das mulheres, diz seu criador


O argentino Quino critica o uso da personagem por opositores da lei que legaliza o procedimento; projeto foi aprovado na Câmara e vai ao Senado

 
Nos últimos dias, circularam na mídia e, sobretudo, nas redes sociais imagens da criança mais famosa da Argentina, a eternamente jovem e simpática Mafalda, usando o lenço azul claro que simboliza a militância contra o projeto de legalização do aborto, já aprovado pela Câmara do país e que no próximo dia 8 de agosto será votado no Senado. A utilização da imagem de Mafalda foi questionada na última quinta-feira por seu criador, o desenhista Joaquín Lavado, mais conhecido como Quino, que fez questão de desmentir qualquer relação entre ele e sua personagem com a campanha anti-aborto legal.
 
“Foram divulgadas imagens de Mafalda com o lenço azul claro que simboliza a oposição à lei de interrupção voluntária da gravidez. Não autorizei isso, não reflete minha posição e peço que seja removida. Sempre acompanhei causas sobre direitos humanos em geral e os direitos da mulher, em particular, e a elas desejo sorte em suas reivindicações”, escreveu Quino em comunicado divulgado nesta quinta por sua família e publicado pela imprensa local.
 
A tensão entre defensores e opositores do projeto de lei aumenta a cada dia que passa. Na última quarta-feira, o presidente do país, Mauricio Macri, disse estar satisfeito pelo fato de a Argentina estar debatendo “algo que antes era tabu”. O chefe de Estado não expressou sua posição pessoal, mas importantes integrantes de seu governo e o próprio Macri já asseguraram que se a lei for aprovada pelos senadores não será vetada pelo Executivo.
 
A expectativa entre militantes pró-aborto legal é grande e chamou a atenção a imagem de Mafalda com o lenço azul claro usado pelos que defendem “as duas vidas”. Em redes sociais como Twitter, os comentários se multiplicaram. “Não consigo acreditar que os que são pró-aborto clandestino pensem que Mafalda colocaria o lenço azul claro. Nunca leram Mafalda e, se leram, nunca a entenderam”, escreveu @namirita.
 
Outros internautas asseguraram que não existem dúvidas sobre a posição de Mafalda em relação ao aborto legal e brincaram afirmando que a personagem de Quino que militaria contra o projeto seria Susanita. Basta lembrar algumas charges destacadas do desenhista para concordar, entre elas uma na qual Mafalda expressa a dor que lhe provoca ver pessoas pobres nas ruas e Susanita propõe, como solução ao problema, “escondê-los”.
 
“Não queiram inventar. Seria inadmissível que Mafalda não estivesse a favor do aborto legal, seguro e gratuito. Já podem imaginar o que pensaria Susanita”, escreveu @Irii_Lopez47.
 
Para os que ainda duvidavam sobre a posição da menina rebelde e revolucionária que continua tendo uma legião de fãs no mundo inteiro, as palavras contundentes de Quino terminaram com a polêmica.
 
 
Janaína Figueiredo
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por