Política
02/10/2018 - 03h43

Urnas são auditadas em Santos




Com o objetivo de assegurar a segurança e a transparência do processo eleitoral, além do exercício de voto do cidadão, ocorreu nesta segunda (1) a auditoria de urnas eletrônicas da 118ª Zona Eleitoral, responsável por 367 das cerca de 900 seções de Santos.
 
Na presença da juíza eleitoral Simone Curado Ferreira Oliveira, do prefeito Paulo Alexandre Barbosa, representantes de partidos políticos e membros sociedade, foi escolhida aleatoriamente no local a urna da 367ª Seção, localizada na escola Zulmira Campos, Zona Noroeste.
 
SIMULAÇÃO
 
A auditoria foi iniciada com a emissão da zerésima, um relatório que comprova inexistência de votos computados no sistema da urna e, em seguida, feita uma simulação de votação com seis pessoas que estavam no local.
 
O intuito foi verificar se as urnas estavam carregadas com os candidatos correspondentes aos números digitados. Ao final, um relatório de votos foi gerado com o resultado da votação em simulação.
 
Houve ainda simulação de justificativa, quando o eleitor está fora de sua zona eleitoral. Após a auditoria, os equipamentos serão formatados e permancerão lacrados até o dia 7.
 
Uma segunda urna foi escolhida aleatoriamente (seção 060 – Unip Campus Rangel Pestana), para demonstração do funcionamento do aparelho sem mídia de auditoria. Nesse caso, após ligada, a urna não pôde ser manuseada, pois apresentava mensagem informando que o equipamento só poderia ser usado no dia 7.
 
Para a juíza eleitoral, a auditoria é de suma importância para o processo democrático. “Aqui podemos demostrar que todo o processo eleitoral é feito com observância de regras e procedimentos. É a garantia de que o voto que o cidadão deposita na urna será totalizado e encaminhado para a Justiça Eleitoral”.

 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por