Mulher
23/10/2018 - 11h11

Caminhada do Outubro Rosa atrai cerca de 3,5 mil participantes




Solidariedade, superação e alegria resumem o clima da 9ª Caminhada e 4ª Remada do Outubro Rosa, realizada na manhã deste domingo (21), na Ponta da Praia. Acompanhadas pelas baterias das escolas de samba X9 e União Imperial, além de um trio elétrico, cerca de 3,5 mil pessoas desfilaram animação do Aquário até o canal 7, retornando ao ponto de partida. Um grupo de 170 homens e mulheres integrou a remada, organizada pela Secretaria de Meio Ambiente (Semam). A ação é fruto de parceria entre a Prefeitura de Santos e o Instituto Neo Mama para reforçar a conscientização acerca da importância da detecção precoce do câncer de mama.     
 
"Descobri pelo autoexame que estava com a doença na mama direita. No início fiquei desesperada. Agora faltam duas sessões de quimioterapia, a cirurgia e a radioterapia. Busco terapias alternativas, também, como reiki e tai chi chuan, tomo vitaminas e me alimento bem", contou Julyana dos Santos Nunes Machado, 36, acompanhada da filha Ester, 3, e do marido, Rui.  "É a primeira vez que faço esta caminhada e acho importante para conscientizar. As pessoas não pensam que pode acontecer com elas."
 
Já Euza Batista Vilar da Silva, 74, é veterana no evento. "Venho sempre em solidariedade a amigas que sofreram e sofrem com o câncer de mama", destacando que faz os exames preventivos anualmente.
 
Para a presidente do Instituto Neomama, Gilze Francisco, a caminhada representa uma celebração de vida. "É saber que há vida depois do câncer, que vale a pena enfrentar o tratamento, a cirurgia e que, após isso, há um resgate muito grande. Queremos mostrar que nunca se deve desistir."     
 
Em Santos, 88 mortes ocorreram em 2017 tendo o câncer de mama como causa. Em 2016, 81. Neste ano, até setembro, 62 pessoas morreram vítimas da doença na Cidade. 
 
MAMOGRAFIA
 
Durante o mês de outubro, a Secretaria de Saúde intensifica os pedidos de mamografia nas 31 policlínicas: não é necessário passar pela consulta médica. A paciente com idade entre 50 e 69 anos terá a solicitação feita pela equipe de enfermagem, que também será responsável pelo agendamento do exame. Além da mamografia, também será ampliada a quantidade de coletas de Papanicolau, exame que auxilia na identificação do câncer de colo de útero (o 3º mais incidente nelas).
 
A faixa etária em que o oferecimento da mamografia será intensificado é o de maior incidência da doença em Santos, além de ser definida como prioritária pelo Ministério da Saúde para programas organizados de rastreamento populacional para o exame de mamografia.  As mulheres com mais de 40 anos que tenham interesse em solicitar a mamografia sem a necessidade de consulta médica passarão por triagem, sendo priorizadas as que nunca realizaram o exame, que estejam com suspeita da doença e as que têm histórico familiar.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por