Educação
29/10/2018 - 03h33

MEC está em fase de credenciamento da 1ª faculdade de Medicina em Cubatão, SP


Vestibular deve ocorrer ainda neste ano. Serão ofertadas 55 vagas com previsão de início em fevereiro de 2019.
 
A primeira faculdade de Medicina de Cubatão (SP) está sendo credenciada pelo Ministério da Educação. A princípio, a Prefeitura de Cubatão tinha anunciado que a universidade já tinha sido aprovada, mas voltou atrás e informou, no fim da tarde de sexta-feira (26), que o processo ainda está em andamento. Com a autorização, serão ofertadas 55 vagas e o vestibular deve ocorrer ainda neste ano. A previsão é de que a primeira turma comece em fevereiro de 2019.
 
Na quinta-feira (25), houve uma reunião entre representantes da Prefeitura, da Comissão de Acompanhamento e Monitoramento das Escolas Médicas (Camem), do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) - ligados ao Ministério da Educação (MEC), do Grupo Ânima Educação (mantenedora da faculdade) e do Centro Universitário São Judas Tadeu - Campus Unimonte.
 
O processo de autorização do curso ocorre em duas etapas, com a Camem e o Inep. A Camem, vinculada ao Ministério da Educação (Mec), tem por finalidade ampliar a oferta de vagas em cursos de graduação em Medicina, a fim de diminuir a carência de médicos no País. A Camem deve monitorar a implantação do curso na Cidade e, uma vez por ano, é feita uma avaliação sobre o andamento do curso. Já o Inep subsidia a formulação de políticas educacionais dos diferentes níveis de governo com intuito de contribuir para o desenvolvimento econômico e social do país.
 
A faculdade funcionará provisoriamente no antigo prédio da Justiça do Trabalho, que fica na rua São Paulo, s/nº, Jardim São Francisco, até que a construção do campus seja concluída. O prédio também abrigará a nova Policlínica e ficará localizado na avenida Martins Fontes, atrás do Pronto Socorro Central e do Hospital Municipal.
 
Segundo a Prefeitura de Cubatão, o diretor adjunto da São Judas, José Lúcio Martins Machado, esteve na reunião e falou da intenção de instalar todos os órgãos próximos um do outro. "O objetivo é criar uma rede-escola em que o curso esteja alinhado à realidade do Munícipio. Hoje há poucos médicos credenciados na Cidade, na rede particular. Com a instalação da faculdade e a rede pública já estruturada, mais profissionais atuarão aqui, criarão um vínculo e fincarão raízes".
 
Já o prefeito Ademário Oliveira disse que a instalação da faculdade de Medicina trará benefícios para a saúde e também para a economia da Cidade. Após a reunião, as equipes visitaram o Campus, o Hospital Municipal e a rede pública de atenção básica à saúde.
 
Faculdade de Medicina
 
Em 2014, o então Ministro da Saúde, Arthur Chioro, assinou o termo de compromisso que autorizou o funcionamento de novos cursos de medicina em Guarujá e Cubatão. A ação fez parte das medidas estruturantes do programa Mais Médicos, que visam à expansão e interiorização da formação médica no país.
 
Em 2016, a mantenedora AMC - Serviços Educacionais, que gerencia a Universidade São Judas Tadeu, na capital paulista, foi selecionada. A instituição foi convocada para a entrega da garantia de execução e assinatura de termo de compromisso.
 
Já neste ano, a Universidade São Judas anunciou a construção do campus Cubatão com previsão de inauguração em 2019. A inauguração faz parte do processo de integração com a Unimonte, em Santos.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por