Cidades
31/10/2018 - 03h16

Guarujá apresenta recuperação no índice de emprego


Leve sinal de recuperação é reflexo das ações adotadas desde 2017 que visam a qualificação, intermediação e o empreendedorismo
 
O balanço mensal do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (Caged) mostrou que a cidade de Guarujá fechou o mês de setembro com a criação de 126 vagas com carteira assinada. Foi o terceiro mês do ano que o Município conseguiu gerar mais vagas de trabalho do que demissões, sendo que o saldo de setembro foi o melhor, desde 2013.
 
Se comparado um período de 12 meses, Guarujá diminuiu em mais de 2 mil o número de desligamentos, enquanto no período de setembro de 2016 a setembro de 2017, a Cidade apresentou um número negativo de 2.383 pessoas demitidas, em relação aos admitidos. O mesmo período, de setembro de 2017 a setembro de 2018,o saldo de demissões foi menor, ou seja, de 379 pessoas.
 
O leve sinal de recuperação, apontado pelo Ministério do Trabalho, é reflexo das ações adotadas desde 2017, que visam a qualificação, intermediação e o empreendedorismo.
 
Guarujá tem uma característica específica quanto à mão de obra, com cerca de 80% dos trabalhadores ligados aos setores de comércio e serviço. E foi justamente esses dois segmentos que puxaram a fila do emprego. Das 756 admissões no mês de setembro, 231 foram para o setor de comércio e outras 436 para serviço.
 
Com isso, a administração já trabalha com a possibilidade de a Cidade terminar o ano de 2018 com um saldo positivo entre admissões e demissões, fato que não acontece desde 2014. Para tanto, nos últimos dois anos de gestão, o prefeito de Guarujá, Válter Sumam vem se empenhando em reconstruir o Município,resgatando seu potencial para se tornar referência em desenvolvimento na Região.
 
Até outubro de 2018, foram abertas 1.059 novas empresas na Cidade, desde pequenos e micro negócios, como também grandes empreendimentos, a exemplo da rede de Fast-food Burger King, que empregou 50 pessoas, e também a Transtec World, empresa do setor retroportuário que gerou 75 vagas desde sua instalação, em junho deste ano.
 
Outros empreendimentos estão para chegar nos próximos meses, além da possibilidade de retomada das atividades da Saipem do Brasil -  empresa ligada ao pré-sal, que no passado chegou a gerar 1.100 empregos. Projetos em andamento como o Aeródromo Civil Metropolitano e a Zona Retroportuária de Guarujá completam a lista de grandes empreendimentos que trarão um nova perspectiva na geração de emprego na Cidade.
 
Com as ações da Prefeitura, Guarujá começa a caminhar a passos largos, executando e inaugurando obras, criando recursos para aumentar sua arrecadação e aquecer o comércio; incrementando cursos de capacitação visando a geração de trabalho e renda, onde mais de 10 mil pessoas foram qualificadas; além de criar incentivos, possibilitando a instalação de novas empresas no Município, como a desburocratização na abertura de empresas (Via Rápida Empresa), consultoria, formalização e capacitação (Sala do Empreendedor e Sebrae) e acesso a crédito, com o Banco do Povo Paulista.
 
"Trabalho é algo fundamental para o moral de um cidadão e gerar emprego, renda e novas oportunidades vem sendo um de nossos objetivos. Mesmo diante de uma grande crise financeira nacional, Guarujá vem conseguindo resgatar a sua credibilidade e atrair novas empresas e investidores", destaca o prefeito Válter Suman.
 
PAT registra aumento de 130% de pessoas inseridas no mercado de trabalho
 
A Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Portuário vem se empenhando na busca de alternativas para a colocação e recolocação dos guarujaenses às vagas oferecidas no Município. E o Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) registrou um aumento de 130% de pessoas inseridas no mercado de trabalho em 2018.
 
Para receber o encaminhamento às entrevistas, o trabalhador deve realizar um cadastro, pessoalmente. Pela análise do perfil, o candidato recebe ligações dos agentes do PAT quando,surgirem vagas específicas a sua exigência profissional. Os documentos necessários para o cadastro são: RG, CPF, PIS e Carteira de Trabalho.
 
Já os empresários locais, que possuem vagas de emprego em aberto em seus estabelecimentos,ou empresas, e necessitam de divulgação e de seu rápido preenchimento, também podem contar com os serviços do PAT. A parceria é gratuita e funciona a partir de um rápido cadastro no site do,Ministério do Trabalho.
 
O Posto de Atendimento ao Trabalhador também oferece às empresas um espaço para entrevista com os candidatos, dinâmica de grupos, permitindo que todo processo de seleção seja feito no posto, facilitando a vida das empresas.
 
O PAT Guarujá funciona dentro das instalações do Poupatempo, na Avenida Castelo Branco, 357 –Vicente de Carvalho. O telefone para contato: (13) 3341-3431.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por