Geral
07/02/2019 - 11h21

Secretário confirma a construção da ponte entre Santos e Guarujá


Projeto aguarda as licenças ambientais. Ponte deve começar a ser construída ainda neste ano.


 
O Secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, João Octaviano Machado Neto, confirmou que as obras da ponte que ligará Santos e Guarujá irão sair do papel neste ano. Ele fez uma visita ao Centro de Santos, nesta segunda-feira (4), e disse que o projeto aguarda as licenças ambientais para que as obras comecem no segundo semestre de 2019.
 
O projeto que está em andamento é o mesmo que foi divulgado pelo ex-vice-governador do Estado, Márcio França, e que foi finalizado no ano passado. A estrutura, que terá 7,5 quilômetros, permite a interligação da rodovia Anchieta, no km 64, até a Cônego Domênico Rangoni, no km 250. O objetivo é facilitar a integração entre as cidades, proporcionar fácil e rápida movimentação logística no Porto e ser uma opção de mobilidade urbana, somada ao sistema de balsas.
 
"Ela começa aqui na chegada de Santos, no Sistema Anchieta-Imigrantes, na altura do Porto, cruza o estuário na altura da Alemoa, passando pela Ilha Barnabé e chega do outro lado na Cônego Domênico Rangoni, quase no acesso a Rio-Santos", explicou o secretário.
 
A Ecovias, que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), será a responsável por implantar a da ponte entre Santos e Guarujá. O Estado aguarda a liberação das licenças ambientais e a definição do maior prazo de exploração do SAI pela concessionaria Ecovias.
 
"Tão logo a gente tenha a aprovação dentro da Cetesb, das estruturas de fiscalização ambiental, ele já entra no processo de implantação através da concessionária e nas negociações com a Artesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo), para que a gente possa rapidamente dar um start dessa obra que é fundamental nesse trecho", disse.
 
A previsão é que as obras comecem no próximo semestre e durem 36 meses. "Ela (ponte) vai ser fundamental porque hoje os caminhões que precisam acessar a margem oposta levam 1h30 mais ou menos. Com a ponte, o trecho todo vai ser percorrido em menos de 40 minutos", afirmou Neto.
 
 
G1/Santos
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por