Cultura e Entretenimento
19/03/2019 - 03h59

Companhia Santista de Dança participa de festival na Holanda


O talento de 15 bailarinos santistas ganha os palcos da Europa no fim deste mês, quando os integrantes da Companhia Santista de Dança Secult participam da 4ª edição do AmsterDans International Competition, um dos principais festivais da capital holandesa. A vaga para a  competição foi conquistada em agosto do ano passado, no Prêmio Internacional de Dança de São Paulo (Pridansp).
 
Esta é a segunda vez que a companhia vai para a Europa. A primeira foi em 2016, quando outro grupo de jovens talentos participou das finais do Festival Tanzolymp, em Berlim (Alemanha).
 
Desta vez, nos próximos dias 30 e 31, a companhia santista será responsável por três apresentações de dança contemporânea: uma em grupo e dois solos, a cargo dos bailarinos Bárbara Manaia e Jeferson Souza. A performance em grupo é Vozes Caladas, assinada por Laura Moeckel. Já os dois solos (Hermes e Zarina) ficam a cargo do coreógrafo Rafael Luz.  
 
INTENSA DEDICAÇÃO
 
Nos últimos meses, os bailarinos com idades entre 15 e 21 anos estão cumprindo uma intensa rotina de treinos: em média são cinco horas por dia, cinco dias por semana. “Tivemos que reduzir as férias deles, pois a responsabilidade é muito grande e o frio na barriga também”, comentou de forma bem-humorada a diretora da companhia, Patricia Ricci.
 
Igualmente grande é a alegria e a expectativa do grupo. “Estamos todos muito empolgados e treinando para fazer o melhor”, comentou a bailarina Alicia Siqueira, 21 anos. Com a mesma idade, outra integrante do grupo, Victória Oliveira, tem dividido sua rotina entre os ensaios e as aulas que ministra na Escola Livre de Dança. “Estou passando o dia inteiro aqui dentro, mas muito é gratificante”.
 
Fazem parte do grupo que vai para Amsterdam: Alicia Siqueira, Amanda Ferreira, Anita Siqueira, Beatriz Pontes, Bárbara Manaia, Bruna Gravina, Giovanna Moya, Gyovanna Soares, Izadora Brience, Jeferson Souza, Julia Meneguete, Luana Ricci, Maria Beatriz Fernandes, Thaina Viriato e Victória Oliveira, além de Patrícia Ricci e Melissa Ricci.
 
Escola prepara artistas e cidadãos
 
A Companhia Santista de Dança Secult é fruto do trabalho desenvolvido pela Escola Livre de Dança (ELD), gerenciada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult). Criada em 2008, atualmente a escola atende 300 crianças e jovens gratuitamente, do pré ao 8º ano.
 
Durante as aulas, todos recebem orientação técnica, trabalho físico, coreografias e outros elementos que dão base para os alunos se tornem bailarinos. No entanto, o trabalho desenvolvido no local vai muito além da dança. “Tudo aquilo que eles aprendem na dança pode ser utilizado na vida. Muitos ex-alunos seguiram carreira na dança, mas isso não é o mais importante. Acima de qualquer coisa, nossa equipe quer formar cidadãos”, definiu Patrícia Ricci. As inscrições para Escola Livre de Dança são realizadas todo início de ano.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por