Judiciário
12/04/2019 - 08h16

Filho de Renato Russo perde ação por danos morais contra irmã do roqueiro


Giuliano Manfredini movia ação contra Carmem Teresa Manfredini em que cobrava R$ 50 mil. 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do DF acompanhou, por unanimidade, o voto da desembargadora Carmelita Brasil
 
A 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal acompanhou, por unanimidade, o voto da desembargadora Carmelita Brasil e negou o provimento ao recurso de Giuliano Manfredini, no processo que o filho de Renato Russo move contra Carmem Teresa Manfredini, irmã do cantor. 
 
A decisão, de acordo com o advogado de Carmem, Paulo César Cascão, confirma a sentença que negou o pedido de indenização de R$ 50 mil feito por Giuliano. “Estou muito feliz, porque foi feita a justiça. Porque, em momento algum, eu denegri a imagem de Giuliano em jornais do país, como o Correio Braziliense”, destaca a irmã do roqueiro.
 
Por meio do escritório de advocacia Sérgio Bermudes, o herdeiro do vocalista da banda Legião Urbana, falecido em 1996, processou a tia, no ano passado, depois que ela escreveu uma carta aberta criticando leilão com objetos do músico. Com o suposto objetivo de ajudar O Retiro dos Artistas, o leilão dos bens de Renato Russo rendeu em torno de R$ 30 mil. Segundo alegava o filho do roqueiro, Carmem inventou “inverdades ofensivas sobre ele”.
 
Na época, Carmem Teresa escreveu: “Em hipótese alguma somos contra ajudar qualquer instituição. O que questionamos aqui é o do porquê deste leilão, quando haveria outras alternativas para socorrer o Retiro dos Artistas”.
 
 
Correio Braziliense
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por