Esportes
29/05/2019 - 07h26

Zito, as empadinhas e o futsal: documentário conta a chegada do atacante Neymar ao Santos


Material com três capítulos será exibido em site oficial do craque, que completa dez anos como profissional
 
Dez anos após dar seus primeiros passos no time profissional do Santos, a chegada de Neymar ao clube paulista terá uma série no site oficial do atacante que também será uma forma de homenagem ao ex-jogador e ídolo do Santos Zito, um dos responsáveis por levar a joia para a Vila Belmiro. O material será dividido em três capítulos. O primeiro, nomeado de "A história da empadinha", revela o encontro de Zito com o pai do craque para dar início ao processo que terminou nos gramados. Dos salgados até a criação de um time de futsal para formar uma geração de meninos da Vila.
 
Neymar chegou ao Santos com 11 anos. Zito, que morreu há quatro anos, foi ao encontro de Neymar da Silva Santos, pai do atacante, para tentar levar o jogador para a base do clube. A reunião, que aconteceu em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi regada a empadinhas. Os salgados foram servidos no dia anterior da visita do então dirigente, na comemoração de um aniversário da jovem promessa.
 
- Eu tinha acabado de acordar. A gente tinha participado de uma festa de aniversário do Juninho no dia anterior. Sobrou um monte de empadinha e minha esposa serviu para ele por educação - lembrou o pai de Neymar.
 
- Ele (Zito) passou o dia inteiro na minha casa. Ele comeu acho que mais de 50 empadinhas e tomou três garrafas de café - revelou, em tom de brincadeira, Nadine Gonçalves, mãe do craque.
 
Quem também participa do primeiro episódio da série é o ex-presidente do Santos Marcelo Teixeira. Ele conta que Zito tentou de todas as formas levar Neymar para o Santos. Orientou até a criação de um time de futsal no clube para trabalhar a joia e também outros garotos, que depois formaram os meninos da Vila. Teixeira, então, cedeu:
 
- Ele (Zito) ficou realmente alucinado, apaixonado pelo Neymar e falou para mim: você tem que ver esse menino jogar. Zito pediu para que eu criasse categorias de base no futsal, que nós não tínhamos, por causa da idade. Eu falei que não iria criar porque eram muitas despesas. Ele me respondeu: presidente, tem que criar porque eu vou montar uma geração com esse menino e que vai dar sucesso. E nós nos atrevemos e criamos a categoria que o Santos não tinha.
 
Os outros dois episódios foram batizados de "Negociação", que será o segundo a ser exibido, e "Pioneiro nas categorias de base".
 
 
GloboEsporte.com
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por