Meio Ambiente
04/06/2019 - 07h49

Primeiras jubartes de 2019 são registradas em Ilhabela


Fotógrafo Julio Cardoso flagrou mamíferos na sexta-feira, 31, na Ponta da Sela


 
As primeiras baleias jubartes de 2019 apareceram em Ilhabela, no fim de semana. Na sexta-feira, 31, o fotógrafo e pescador Julio Cardoso flagrou os primeiros cetáceos chegando ao Litoral Norte, na Ponta da Sela.
 
A aposta do responsável pelo projeto Baleia à Vista é que o primeiro mamífero registrado seria um macho descansando para seguir até a Bahia.
 
A baleia jubarte é uma espécie cosmopolita, habita todos os oceanos. De acordo com o projeto Baleia Jubarte, da Petrobras, a jubarte realiza uma migração anual. Durante o verão ela se dirige às águas polares para se alimentar e durante o inverno migra para águas tropicais e subtropicais para acasalar e dar à luz.
 
Assim, no hemisfério sul as jubartes chegam por volta de junho/julho e permanecem até novembro/dezembro, quando retornam para as áreas de alimentação. As áreas de reprodução da espécie são tipicamente próximas a ilhas ou continentes e/ou associadas a ambientes coralíneos. A espécie se reproduz ao longo da costa nordeste do Brasil e o Banco dos Abrolhos é o maior berço reprodutivo do Atlântico Sul.
 
Projeto Baleia à Vista
 
O projeto Baleia à Vista foi criado em 2004 pelo amante da navegação Julio Cardoso. Hoje, ele conta com o apoio da bióloga Shirley Pacheco de Souza e da fotógrafa de natureza Arlaine Francisco para Monitorar, registrar e levantar informações sobre as espécies de baleias e outros cetáceos que frequentam a região de São Sebastião e Arquipélago de Ilhabela.
 
De 2004 até agosto de 2017 foram 107 registros de cetáceos, feitos pelo próprio Julio e colaboradores. No ano passado, 83 exemplares de baleias foram avistados na região pelo Projeto Baleia à Vista.
 
 
Costa Norte
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por