Esportes
06/06/2019 - 08h23

Santista participará do Race Across the West (RAW), nos EUA


Rosecler Costa, a Ironmãe, pretende realizar o percurso de bike em no máximo de 3 dias e 20 horas, por desafiadoras estradas americanas
 
 
Percorrer 1.500 km de bicicleta por estradas que passam por enormes desertos e gigantescas montanhas de quatro estados americanos é o objetivo da santista Rosecler Costa, a única mulher brasileira que participará da Race Across the West (RAW), a partir de 11 de junho.
 
Conhecida como Ironmãe, Rosecler tem que realizar esse percurso de ultraciclismo, que passa pela Califórnia, Arizona, Utah e Colorado, em 3 dias e 20 horas, tempo limite da prova.
 
O desafio qualifica o atleta para competir na Race Across América (RAAM).
 
Essa é uma das mais conhecidas e longas provas ciclísticas do mundo (4.000 km).
 
As duas competições (RAW e RAAM) acontecem paralelamente e os participantes pedalam lado a lado.
 
A atleta diz que escolheu a Race Across the West como meta para o ano de 2019 por ser apaixonada por ciclismo e também por desafios e essa prova une as duas paixões.
 
“O esporte de endurance é 90% mente e 10% o resto. Para isso eu preciso de uma equipe para me ajudar a me fortalecer a cada dia, a cada minuto, para conseguir cruzar a linha de chegada.”
 
Sobre a Ironmãe
 
Rosecler que é casada e mãe de dois filhos, iniciou no triathlon aos 17 anos de idade após ganhar uma bicicleta de sua mãe.
 
Inscrita em competições regionais e nacionais, começou com o tempo, a se destacar nas provas.
 
No entanto, parou aos 25 anos para “ser esposa e mãe”.
 
Mas voltou a competir ao notar que o esporte também era sua vida.
 
“Sou Ironmãe, mas antes disso sou mãe. Antes de ser de alto rendimento, sou uma atleta de alto sentimento, e é nisso que eu acredito”
 
Tem em seu em seu currículo expressivas premiações.
 
Participou por três vezes do Campeonato Mundial de Ironman Kona, Hawai (2015, 2016, 2018); primeira brasileira a cruzar a linha de chegada em 2015 IronMan World Championship; bicampeã geral (amadora) do Ironman Brasil – Fortaleza (2014, 2015); campeã brasileira de Triathlon de Longa Distância (geral amadora)- João Pessoa (2015); campeã geral feminina do Desafio de Ciclismo 6 horas da Caixa – Boituva/SP (2015); campeã do Ironman Brasil – Florianópolis (2015); vice-campeã do Ironman Brasil – Florianópolis (2018); campeã sul-americana de Ultraman e recordista da prova Ultraman Brasil (2017) – prova realizada de São Paulo (Ubatuba) ao Rio de Janeiro, total de 515km.
 
Sobre a prova
 
O Race Across the West (RAW) teve início em 2008.
 
A prova visa oferecer uma corrida de mais de 800 km e ajudar a preencher a lacuna de quilometragem com a RAAM.
 
Desde então, evoluiu para uma competição épica por si só
 
É o segundo maior qualificador RAAM nos EUA e atrai ciclistas de todo o mundo.
 
A RAW segue os primeiros 1.500 km do percurso RAAM, de Oceanside (CA) para Durango (CO ).
 
Neste caso, os ciclistas das duas provas competem lada a lado.
 
Atravessando alguns dos mais belos países do oeste, a RAW deixa a praia em Oceanside, sobe a Cordilheira Costeira e as gotas no deserto escaldante, atravessando o deserto da Califórnia e do Arizona.
 
Neste ponto os atletas iniciam uma escalada gradual nas montanhas que circundam Flagstaff (AZ) e, nas Montanhas Rochosas.
 
A prova de ultraciclismo termina no rio Animas na meca do ciclismo de Durango (CO).
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por