Saúde
03/07/2019 - 07h58

São Sebastião confirma caso de malária


Esse foi o primeiro caso da doença em morador de São Sebastião registrado este ano na cidade
 
A prefeitura de São Sebastião informou a confirmação de um caso de malária na cidade. Uma amostra de sangue de um morador de Toque-Toque Grande, na Costa Sul do município, foi enviada para laboratório de referência de São José dos Campos, que resultou positivo para a doença.
 
O caso foi registrado no sábado, 29, quando o paciente apresentou sintomas brandos e permaneceu em observação na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Centro. Ele foi medicado e recebeu alta na segunda-feira, 1º.
 
De acordo com a prefeitura, esse foi o primeiro caso da doença em morador de São Sebastião registrado este ano na cidade. Em 2018, apenas dois casos da doença foram confirmados, nos bairros de Santiago e Guaecá. 
 
Controle e prevenção
 
A Vigilância Epidemiológica esclarece que, como medida de controle,uma equipe de agentes de endemias vistoriará a residência e as proximidades para eliminar possíveis focos do mosquito do gênero Anopheles, que transmite a malária, no entanto o morador informou que esteve durante os últimos 15 dias no estado de Minas Gerais. No momento não há mais pessoas com sintomas da doença no local.
 
De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a malária é uma doença endêmica e silvestre no Litoral Norte, que ocorre ocasionalmente nas quatro cidades e que acomete pessoas que frequentam ou residem próximo à mata. Os principais sintomas são febre intermitente com episódios de calafrios e dores no corpo.
 
A Vigilância Epidemiológica alerta para o uso frequente de repelentes, uso de telas e mosquiteiros nas residências próximas à mata, e verificar e remover, se necessário, possíveis criadouros do mosquito, que na região são as plantas que acumulam água, como as bromélias.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por