Esportes
07/08/2019 - 04h41

Escola de vela Lars Grael proporciona curso só para mulheres


A próxima turma está prevista para o início no mês de outubro
 
 
A cerca de quatro meses nasceu o Projeto Piloto Vela só para mulheres, fruto de um desejo antigo da escola de vela de Ilhabela, impulsionado por um grupo de mulheres determinadas a conhecerem um pouco mais do meio náutico.
 
O objetivo principal do projeto é proporcionar uma aproximação das mulheres a este esporte, que mesmo com atletas mulheres bem-sucedidas, no meio náutico continua sendo a maioria atletas masculinos.
 
Além do envolvimento com os esportes náuticos, dar conhecimentos básicos de marinharia, previsão de tempo, coordenadas geográficas, analise de vento, maré e segurança ao mar.
 
O primeiro passo para a realização do projeto foi escolher o tipo de embarcação que atendesse as necessidades básicas do curso e proporcionasse segurança as alunas. Sendo assim, as embarcações das classes Dingue e Day Sailer foram as escolhidas, devido as características do barco, que proporciona segurança, mesmo tempo estabilidade e conforto, dando tranquilidade para que pessoas sem conhecimento algum consiga dar suas primeiras velejadas.
 
As velejadoras pioneiras, faziam parte do grupo organizado de mulheres lideradas pela professora Debora Bergamini Moreira e Camila Lopes Seixas, organizadoras do projeto, que espontaneamente já haviam organizado encontros para discutir o assunto junto a secretaria de esportes.
 
Afim de proporcionar mais uma experiência importante às novas velejadoras, o planejamento do curso foi alterado, dando a oportunidade de velejarem em um barco oceânico de competição, onde todos os equipamentos necessários tenham o dobro do tamanho que as mesmas até então conheciam. 
 
Deste modo a equipe de professores coordenadores do curso e gestores da escola de vela, firmaram parceria totalmente gratuita com o veleiro BMW 42 pés, para que as mulheres velejadoras pudessem vivenciar na prática como é conduzir uma embarcação deste porte, com equipamentos de navegação de última geração, mastro de carbono e velas de tecidos especiais para competições de alto nível.
 
A escolha por este tipo de embarcação se deu devido a configuração da embarcação, que proporciona aos velejadores a vivência mais próxima da realidade de uma competição, na qual um veleiro tradicional não ofereceria às alunas.
 
Consolidação do vela só para mulheres
 
O curso obteve uma avaliação muito positiva, diante disto a repercussão entre as mulheres foi muito grande.
 
O objetivo da escola de vela era elaborar um plano de divulgação para continuidade do projeto, no entanto, as próprias alunas em conversas informais em grupos de amigos expandiram divulgação do projeto, além de informativos colocados no quadro de aviso da escola, que acarretou em muita procura para as próximas turmas.
 
Todas as mulheres, maiores de 18 anos, que possuem a vontade de aprender a velejar podem procurar e escola de vela Lars Grael, no Saco da Capela, munidas de copias de RG, CPF, comprovante de residência, atestado médico especifico para atividade física e 1 foto 3x4 recente.
 
As vagas para o Curso de Vela só para Mulheres são exclusivas para residentes de Ilhabela, com próxima turma prevista para início no mês de outubro.
 
Programação do curso
 
Número de alunas: 15 velejadoras
 
Duração do curso: Bimestral, ou, nove aulas.
 
Dias de aula: Sexta-feira,
 
Duração das aulas: 13h30 às 16h30
 
Total hora aula: 3 horas
 
Total do curso 27 horas aula.
 
O projeto vela só para mulheres acontece apenas as sextas feiras, devido ao atendimento de cerca de 170 crianças, de segunda à quinta-feira, do curso de formação básica de velejadores e treinamento das equipes de competição.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por