Geral
17/01/2020 - 08h18

Obras da 2ª fase do VLT em Santos começam neste semestre


A Construtora Queiroz Galvão S.A ofereceu o menor preço, no valor de R$ 217,7 milhões. O valor para desapropriações chegará a quase R$ 20 milhões.
 
O Governo de SP divulgou no Diário Oficial do Estado (DOE)  a homologação da Construtora Queiroz Galvão S.A. como vencedora da licitação de obras da segunda fase do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) da Baixada Santista.
 
Ela ligará Conselheiro Nébias ao Valongo, em Santos.
 
Com extensão de 8 km, o trecho terá 14 estações e transportará a média diária de 35 mil passageiros.
 
O início da implantação está previsto para o primeiro semestre de 2020 e as obras devem ser concluídas 30 meses após a assinatura do contrato.
 
Os serviços incluem a execução de obras civis, edificações, estações de embarque/desembarque, acabamentos, via permanente.
 
E ainda: sistema de rede aérea, sinalização viária e urbanização, iluminação, drenagem, detecção e alarme de incêndio.
 
Além de sistema de proteção contra descargas atmosféricas.
 
O julgamento da proposta de preços foi publicado no DOE em 28 de agosto de 2019.
 
Desapropriações
 
O processo de desapropriação do trecho Conselheiro Nébias – Valongo está em fase final.
 
O valor estimado para as desapropriações desse trecho é de aproximadamente R$ 19,3 milhões.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por