Esportes
27/01/2020 - 09h51

Entrega do novo Museu do Surfe em Santos reúne centenas de amantes das ondas




Centenas de pessoas com a mesma paixão pelas ondas se reuniram nesta sexta (24), no Parque Municipal Roberto Mário Santini (emissário submarino) para conhecer o novo Museu do Surfe, um espaço moderno e acessível, que reúne acervo do esporte na Cidade e no mundo.
 
A visitação ano novo equipamento da Prefeitura é aberta de quarta a domingo, das 9h às 18h, valendo já neste fim de semana.
 
Entre atletas, autoridades e amantes do mar, a cerimônia de abertura foi marcada pela entrega de placas comemorativas, shows de bandas locais e visitação ao ambiente renovado.
 
Nas paredes, pinturas artísticas e painéis informativos retratam a história e são cenário para dezenas de pranchas, entre elas, de campões como Medina, Ítalo, Mineirinho, Kelly Slater e John John Florence.
 
A cada passo, uma informação. Lado a lado, uma réplica em tamanho real de uma prancha da década de 1930, tamanho 11'8 (cerca de 3,5 metros de altura), divide espaço com uma 6'1 (1,80 m), original, feita em Santos, usada por Ítalo Ferreira, campeão mundial profissional 2019, na conquista do primeiro lugar da etapa de Bells Beach do Circuito Mundial na Austrália.
 
Também há no acervo publicações, documentos, fotos, troféus e roupas usadas por atletas. Um painel com a evolução do esporte no mundo, pela ótica dos pioneiros santistas, faz uma linha do tempo da evolução do esporte na Cidade.
 
Segundo o prefeito Paulo Alexandre Barbosa, a entrega marca o engajamento de várias pessoas no resgate da memória do esporte na Cidade. "Quero agradecer todo mundo que colocou a mão na massa e tornou possível transformar esse sonho em realidade".
 
Para o presidente da Associação Santos de Surfe, Reginaldo Ferreira Lima Filho, o Naldo, a inauguração "é um sonho que renasce; essa casa tem a cara de cada pessoa que está aqui, um pouco de cada um que entrou no nosso mar. Esse museu é história viva que vai continuar".
 
Entre as autoridades presentes, o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SPU), Fernando Bispo, destacou Santos como referência no cenário nacional. "Mais uma vez, estou encantado com a Cidade, com a beleza do que está se construíndo aqui e fico feliz de ter o privilégio de ver pessoas tão importantes do cenário do surfe mundial, o Picuruta, o Cisco e a Escola Pública de Surfe. São lições que Santos está dando, a Cidade está de parabéns".
 
A ESTRUTURA
 
Composta de uma estrutura que mescla vidros temperados e metal tratado especialmente para resistência à corrosão e interferências do clima, o novo museu tem 450m², foi assinado pelo arquiteto Ruy Ohtake (que concebeu o Parque Municipal Roberto Mario Santini, inaugurado em 2009) e dispõe de salão para exposição, auditório, salas de arquivo, depósito, copa e sanitários para pessoas com deficiência. Há ainda um conjunto de climatização e acessibilidade.
 
A obra teve custo de R$ 1,3 milhão, fruto de recursos do governo do Estado, por meio do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur).
 
ATIVIDADES
 
O Museu, criado em 2009 por meio de parceria entre a Prefeitura e a Associação Santos de Surfe, desenvolverá cursos, capacitações e exposições temporárias, gerenciadas pela própria associação.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por