Geral
12/02/2020 - 13h00

Ação integrada intensifica serviços em áreas afetadas pela chuva em SV


Prefeito vistoriou pontos comprometidos, ao lado de técnicos e representantes de secretarias municipais
 
Membros da Ação Integrada de Defesa Civil de São Vicente, acompanhados do prefeito Pedro Gouvêa, vistoriaram, nesta segunda-feira (10), locais afetados pelos fortes temporais que atingiram a Baixada Santista entre domingo (9) e a manhã desta segunda-feira. Além das intervenções que já fazem parte da programação de obras no Município, medidas emergenciais necessárias foram adotadas e serão mantidas até que as chuvas cessem.
 
No Rio Branco, Área Continental, a equipe visitou os cruzamentos da Rua 4 com as vias 7, 11 e 13, que apresentam pontos de alagamento quando ocorrem chuvas mais intensas. Olocal, onde a Prefeitura iniciará obras de drenagem a partir de março, ganhou atenção especial e receberá o serviço de desobstrução de galerias pluviais a partir desta terça-feira (11).
 
Na comporta da Rua Japão (Rio da Vó), no Bitaru, o grupo acompanhou o serviço de limpeza com a utilização de máquina retroescavadeira. O serviço vem sendo executado desde o começo do ano em outros canais da Cidade. Com as fortes chuvas dos últimos dias foi intensificado na área. Com obras de drenagem sendo executadas, a Avenida Eduardo Souto, na Cidade Náutica, foi outro ponto vistoriado. A previsão é de que os pontos de alagamento nesta área sejam minimizados com a implantação da nova tubulação.
 
Na Avenida Getúlio Vargas, no Gonzaguinha, a equipe acompanhou o serviço de remoção de terra e vegetação que escorregaram de um trecho da encosta do Morro dos Barbosas. O local está sendo monitorado por técnicos da Proteção e Defesa Civil de São Vicente, desde o início das chuvas.
 
"A equipe da Ação Integrada da Defesa Civil fez o mapeamento dos pontos afetados pelas chuvas dos últimos dias. Todos eles estão recebendo atenção especial. Desde cedo estamos trabalhando para minimizar os impactos causados pelos temporais em nossa Cidade", explicou o prefeito
 
Criada pela Administração Municipal, a Ação Integrada de Defesa Civil é formada por representantes da Subprefeitura da Área Continental, Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedup), Secretaria de Defesa Animal e Meio Ambiente (Semam), Secretaria de Trânsito e Transportes (Setrans), Defesa Civil e Zeladoria Municipal.
 
Registros
 
Segundo dados da Proteção e Defesa Civil de São Vicente,o acumulado pluviométrico das últimas 72 horas é 162,6 mm (medição feita às 18 horas de segunda-feira). O total de chuvas do início de fevereiro até o momento, em apenas 10 dias, é de 552,2 mm, superando o índice de 400 mm esperado para todo o mês. A média histórica para fevereiro foi registrada no ano passado, com 724,1 mm, sendo a maior marca para o mês desde 1943, ano em que tiveram início as medições.
 
Apoio
 
Equipes da Secretaria de Assistência Social (Seas) e do Fundo Social de Solidariedade de São Vicente (FSS-SV) estão atuando juntamente com a Ação Integrada de Defesa Civil, para atender, caso necessário, a famílias que apresentem alguma necessidade devido às chuvas e alagamentos.
 
 
Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por