Culinária e Gastronomia
12/03/2020 - 08h28

Cervejaria de Maringá, Cathedral é eleita a melhor do Brasil


O Concurso Brasileiro de Cervejas do Festival de Blumenau anunciou na noite desta terça (10) as melhores em 146 estilos (sim, 146); e a pequena cervejaria paranaense Cathedral, de Maringá, foi eleita a melhor do Brasil.
 
Foi a terceira vez consecutiva que a Cathedral foi eleita —ano passado, ela venceu na categoria cervejaria de médio porte; a Backer ganhou como marca de grande porte e a Suricato, de pequeno. Desta vez, o concurso não segmentou o resultado pelo tamanho da fábrica. A mineira Verace, de Nova Lima, ficou em segundo; e a Colorado, da Ribeirão Preto, que pertence ao grupo Ambev, fechou o pódio.
 
Envolvida em um caso de intoxicação, a Backer não participou do concurso deste ano, que registrou o recorde de marcas inscritas: foram 634 cervejarias de 22 Estados.
 
Apesar das 146 categorias, foram distribuídas apenas 53 medalhas de ouro, além de 72 de prata e 78 de bronze. Mais medalhada, a Cathedral faturou sete pódios: três de ouro, três de prata e uma de bronze. As primeiras colocadas foram a Tripel (na categoria tripel), a Farol Baixo (categoria altbier) e Nunca Fui Santa (golden ou blonde ale). As pratas ficaram com a Contrassenso (sahti), Easy Lager (internacional pilsener) e Dunkel (estilo kellerbier). Já o bronze foi para a Oktoberfest, na categoria de mesmo nome. Em Maringá, a Cathedral tem um bar ao lado da fábrica e, mais recentemente, abriu um sport bar, além de um terceiro espaço especializado em hambúrgueres.
 
Vice-campeã no concurso, a Verace também faturou sete medalhas, mas apenas duas de ouro, além de quatro pratas e um bronze.
 
Na categoria Best of Show, que elege as melhores cervejas do evento, não importa o estilo, a campeã foi a Guanabara, uma wood and barrel aged beer, da Colorado. O segundo lugar foi para a Muscat Brett Saison, uma saison da cervejaria Além Bier (do Rio Grande do Sul); e, em terceiro, a Bamberg Habanero Rauchbier, da Bamberg, também de São Paulo.
 
Brewpub
 
A principal novidade na premiação foi a criação de uma eleição para os brewpubs, estilo de cervejaria em alta no país, no qual a cerveja é fabricada e vendida no mesmo local. Nesta categoria, a Salvador Brewing, do Rio Grande do Sul, foi a campeã. O vice ficou com a Balbúrdia Cervejaria, de Blumenau, para alegria dos locais. A paranaense Irmandade Cervejaria Artesanal, de Guarapuava, terminou em terceiro lugar.
 
Localizada na Serra Gaúcha, a Salvador somou três medalhas de ouro e duas de prata. Suas cervejas de vez em quando aterrissam nos principais bares de São Paulo, como Empório Alto de Pinheiros ou Tap Tap.
 
 
Folha de S. Paulo
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por