Polícia
16/10/2020 - 10h01

GCM de Peruíbe passa a ter integração com sistema nacional de segurança


A integração será importante para o 'cerco eletrônico' instalado pela prefeitura
 
A Guarda Civil Municipal de Peruíbe passou a ter acesso ao Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp Infoseg), plataforma do Ministério da Justiça e Segurança Pública que integra as diversas bases de dados das secretarias de segurança pública. A inclusão foi feita pela Coordenação-Geral de Gestão e Integração de Dados da Secretaria Nacional de Segurança Pública, que cadastrou agentes municipais como usuários do sistema.
 
A plataforma é de uso restrito aos profissionais de segurança pública, justiça, fiscalização e órgãos de controle que permite a pesquisa inteligente de dados e informações referentes a indivíduos, veículos, armas e outras informações essenciais à tomada de decisão e uso nos processos investigativos e de inteligência, permitindo um acesso imediato e seguro a dados e informações de múltiplas fontes, oferecendo aos profissionais uma maior segurança em seus processos de combate ao crime.
 
A integração será importante para o 'cerco eletrônico' instalado pela prefeitura. Equipamentos de alta tecnologia compostos por câmeras com sistema OCR (reconhecimento ótico de caracteres) com o objetivo de reforçar a segurança da cidade. Atuamente, a malha de videomonitoramento já possui mais de 850 equipamentos, distribuídos em 65 pontos fixos, que monitoram as principais vias, prédios e locais de grande circulação pública da cidade.
 
Os dados detectados pela leitura automática das placas serão consultados no Sinesp, que informa em poucos segundos, emitindo um alerta sonoro para o Centro Operacional de Peruíbe (COP) caso apontem restrições, sinistros, boletins de ocorrência ou suspeitas de participação em atividades criminosas.
 
"Investimentos em tecnologia avançada vão aumentar o poder de controle de monitoramento e efetividade das ações policiais, reduzindo a criminalidade no município.", afirma o prefeito Luiz Mauricio. O aperfeiçoamento tecnológico do parque de câmeras são apostas para reduzir ainda mais os indicadores de criminalidade. Os mecanismos auxiliam, por exemplo, na identificação de veículos roubados e foragidos da Justiça.
 
De acordo com as estatísticas mensais da Secretaria Estadual de Segurança Pública (SSPSP), Peruíbe reduziu os principais indicadores de crimes contra o patrimônio. Nos últimos três anos, furtos caíram 6% e roubos (quando há emprego de violência), 37%.
 
Segundo o diretor do Departamento de Tecnologia e Gestão da Informação (DTGI), Rodrigo Campos, toda a tecnologia de leitura de placas já está instalada e em funcionamento nos pontos definidos e os veículos têm a imagem de suas placas capturadas. "Todo esse sistema que projetamos já previa a implantação dessas tecnologias (LPR/LAP/OCR e reconhecimento facial). Então todas as câmeras que já implantamos na primeira fase e também nessa adição de novos pontos suportam essas tecnologias".
 
Campos explica que todas as 852 câmeras que formam o projeto, podem ter essas tecnologias ativadas. Nas vias, a Prefeitura tinha 40 pontos de monitoria e ampliou agora para 72, sendo 20 deles com a tecnologia de reconhecimento de placas veiculares. "Para o 'reconhecimento facial', temos a disposição as 52 câmeras de vias e também as 780 que estão instaladas nos próprios municipais."


Da Redação
 

Comentários (0)


Fala Santos
E-mail: contato@falasantos.com.br
© 2010 Fala Santos. Todos os direitos reservados. site criado por