Geral
02/01/2018 - 02h52

Primeira limpeza do ano registra 117 toneladas de lixo retiradas da orla da praia


É manhã do primeiro dia de 2018 e resquícios de lixo, como garrafas e latinhas de refrigerante deixadas próximo aos bancos de madeira da praia, são descartados em um caminhão da Terracom pelas mãos de Reinaldo Monteiro de Souza, funcionário há 15 anos da empresa que presta serviço para a Prefeitura.
 
Ele está entre as 480 pessoas envolvidas na limpeza da orla após a queima de fogos, que retiraram 117 toneladas de resíduos na primeira varrição do ano em trecho de areia e jardins, do emissário a Ponta da Praia. “É importante deixar tudo limpo para quando moradores e turistas chegarem na praia verem que ela está bonita”, disse ele, contando que a população facilitou o trabalho aglomerando o lixo em alguns pontos da faixa de areia.
 
A operação iniciada às 3h contou com 30 veículos, como caminhões e tratores do tipo rastelo e pá carregadeira, retroescavadeira e veículos compactadores. Envolveu fiscais, encarregados, operadores de máquina, motoristas e garis, que concluíram os trabalhos por volta das 7h30, horário que o casal Alberto João da Motta, 60 anos, e Maria José Pinheiro Motta, 56, acompanhados de Ordália Gomes, 63, de São Paulo, chegava à praia para uma caminhada à beira-mar do Gonzaga à Ponta da Praia.
 
“Estávamos comentando que limparam rápido a praia toda. Dá sensação de prazer vir caminhar com tudo limpo”, disse Maria José, que morou 20 anos em Santos com o marido. “Para nós, é sagrado passar a virada aqui e nada mais bacana do que chegar na praia de manhã e encontrar tudo limpo”, acrescentou Alberto.
 
A operação de limpeza é um compromisso da Administração Municipal com a população após a festa da virada, garantindo que as pessoas possam usufruir da praia logo nas primeiras horas do novo ano.
 
 
Da Redação