Portos
25/04/2019 - 02h59

Privatização do porto de Santos será debatida no segundo semestre


Tema foi discutido em audiência com o Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, em Brasília


 
O Governador João Doria reiterou, nesta terça-feira (23), o apoio à privatização do porto de Santos. Ele participou de audiência com o Presidente Jair Bolsonaro e o Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, no Palácio do Planalto. A pauta deverá ser debatida entre Estado e União no segundo semestre de 2019.
 
“Manifestamos ao Presidente, de maneira clara, que o Governo do Estado de São Paulo deseja e apoia a privatização do porto de Santos. O Presidente entende também que é um bom caminho”, declarou Doria. “Saio muito feliz dessa audiência ao ver uma posição clara do Presidente da República a favor da privatização”, destacou o Governador.
 
Doria ressaltou que a abertura do setor a investidores privados trará avanços importantes. Um deles é a modernização total da infraestrutura do porto de Santos, nos moldes dos sistemas usados nos melhores terminais da Europa, América do Norte e Ásia.
 
“A privatização do maior porto da América Latina vai permitir novos investimentos na modernização, no calado do porto e, consequentemente, na eficiência das exportações brasileiras a um menor custo. É possível que, em menos de 18 meses após a privatização, tenhamos um porto de qualidade internacional”, completou.


Governo do Estado de São Paulo